Convenção do PP decide cenário das eleições municipais de Biguaçu

28/junho/2008

Materia Convencao

“Eu acredito em Biguaçu”, com este slogan realizou-se a Convenção do dos candidatos do Partido Progressista, PP, ao legislativo e executivo nas eleições de 5 de outubro. No evento, realizado na tarde do último sábado, 28, no Clube 17 de Maio, foram homologadas as candidaturas à prefeito de José Castelo Deschamps, 52, e de 16 candidatos a vereadores do PP em coligação com o PSB e PV. Quatro destas vagas foram destinadas às representantes do movimento PP Mulher, enquanto as demais 12 ficaram com os candidatos homens.
Durante o evento, o PP de Biguaçu recebeu a visita de importantes lideranças partidárias, como o ex-governador de SC Esperidião Amin, da deputada federal Ângela Amin, do deputado estadual do PSDB Marcos Vieira, do Secretário Geral do PPS Dércio Knop e do Professor Maurílio coordenador político do PPS, entre outros. Também se agregaram ao evento diversos líderes municipais dos partidos que estão se coligando com o PP, como Alfredo Silva do PV, Marconi Kirch do DEM, Silas Mendes do PSB, Nei Cunha presidente do PPS e o candidato à vice na chapa de Castelo, Ramon Wolliger com as lideranças do PSDB.
Muito aclamado pelos convencionais, Amin sintetizou sua fala em uma única frase: “a união de todos os partidos coligados se resume a esta frase: Eu acredito em Biguaçu”. Antes de deixar o Clube Amin ainda colocou que, “só há duas maneiras de uma administração ser útil: primeiramente administrar com competência e experiência. Em segundo lugar compromisso e respeito com o povo e o dinheiro público. E nisso, sabemos que o grande empresário Castelo está pronto, só falta colocar isso na gestão pública”, finalizou Amin.
Uma questão muito importante levantada pelo advogado e presidente do Partido Verde Alfredo Silva é quanto à situação ambiental do município. “A atual gestão deixou o meio ambiente de Biguaçu na UTI e juntos iremos salvar nossa cidade”. Já o presidente do Democratas Marconi Kirch ressaltou a importância de todos absorverem a proposta de Castelo, de acreditar e lutar por melhorias para Biguaçu.
Candidatos à majoritária discursam aos convencionais
Um dos momentos de maior emoção durante a convenção foi a entrada do candidato à vice-prefeito Ramon Wollinger junto aos demais membros do PSDB. Com candidatura aprovada por unanimidade pelo diretório do partido, Ramon fez seu primeiro discurso como candidato ao executivo junto à Castelo. O vereador declarou emocionado acreditar que Castelo é a melhor opção para administrar Biguaçu e que não hesitará em ir de casa em casa, humildemente, pedir o voto de cada biguaçuense. “Vou trabalhar por Biguaçu ainda mais, agora ao lado do Castelo. Vamos juntos visitar as famílias do nosso município e pedir seu apoio para mudarmos a história de Biguaçu”, expôs Ramon.
Os convencionais ficaram ainda mais animados e esperançosos quando o candidato José Castelo Deschamps chamou ao palco os representantes das nove coligações que irão juntas trabalhar por Biguaçu. Disse que este desafio não é apenas dele, mas de toda uma equipe, de associações, da Câmara de Vereadores e população. “Juntos temos que trabalhar por Biguaçu, para que não seja tratada como uma cidade dormitório, mas sim de qualidade. Fazer uma Biguaçu de um povo com auto-estima, com fé e esperança, para que saiamos do marasmo. E com todo esse piano pesado eu serei o maior animador, junto à população e aos partidos coligado”. Castelo ainda colocou que eleito priorizará a geração de emprego e renda, buscando novas empresas para Biguaçu. A saúde também é outra questão precária no município que receberá atenção especial em seu governo. O primeiro discurso de Castelo como candidato a prefeito de Biguaçu foi encerrado com uma grande queima de fogos.
Votação do diretório
Em respeito à democracia interna do PP, a Executiva Municipal encaminhou a votação para aprovação da chapa de vereadores pelos membros do diretório municipal, através de voto secreto, seguindo normas estatutárias. Cada convencional colocou sua posição quanto à coligação para majoritária e coligação proporcional. Em uma segunda cédula opinaram quanto ao candidato à eleição majoritária para prefeito, aprovando o nome de José Castelo Deschamps. Por último votaram para aprovação da chapa proporcional dos partidos PP, PSB e PV.
Ao final da tarde a presidenta do PP de Biguaçu, Regina Evadlt, anunciou os candidatos inscritos que tiveram seus nomes aprovados pelo diretório do partido para concorrerem às eleições de outubro. O nome do vereador Luiz Carlos da Rocha, Carlito, que disputava vaga com liminar da justiça eleitoral, após ter sido expulso do partido, não foi aprovado pelos membros do diretório.
Chapa de candidatos a vereador do Partido Progressista em coligação com os Partidos PSB e PV
Nome                                                  Número
Marli Maria Reitz                                  11777
Maria das Graças Venâncio                   11999
Elza Griss Pietroski                              11234
Maria da Glória Francisco – Glorinha      11101
Mário César Borges                               11235
Francisco Carlos Klein – Chico Bento     11444
Edésio Alfredo dos Santos                     11222
Vilson Norberto Alves                             11011
Manoel Airton Pereira – Bilico                 11666
Aclici João de Campos – Pialo                11605
José Pedro Soares – Bileco                    11333
Douglas Borba                                       11000
Lédio Gerhardt                                       11555
Marco Aurélio Dias                                 11678
Jonas de Jesus – Tatu                            11123
Manoel Idalino Patrício Filho – Bocudo      11888

Esta matéria da assessoria de imprensa do Partido Progressista foi publicada no site http://castelo11.can.br e tomo a liberdade de reproduzí-la aqui, pois relata fatos importantes, como o vereador Carlito desaprovado pelos convencionais (obteve menos votos que todos os candidatos acima mencionados).

Anúncios

Ação Mulher Progressista

3/junho/2008

Começo pelo Fato, reproduzindo abaixo matéria do Jornal Biguaçu em Foco, publicada na edição de 03/06/2008:

image

Evento discute papel da Mulher na Política
03/06/2008 (Terça-feira)

Lideranças femininas de Biguaçu fizeram uma grande mobilização para discutir a campanha eleitoral de 2008.
O final da mobilização aconteceu no sábado (31/05), no sítio Chico Bento, com um almoço para mais de 300 mulheres. O evento contou com a participação de lideranças políticas regionais, de empresários e diversos grupos de mulheres, incluindo agremiações partidárias e associações.
Segundo Angelita Machado, do Movimento de Mulheres Progressistas, a oportunidade foi para discutir temas como a política de cotas para mulheres e o lançamento de candidaturas femininas.
“A participação de mulheres nas executivas dos partidos, na discussão e elaboração de planos de governo dos candidatos, no debate das propostas junto às bases (vizinhança, associações, locais de trabalho, etc. e a participação ativa da mulher como agente das ações políticas que afetam diretamente nossa família e o meio em que vivemos. Esse foi o objetivo do nosso encontro e foi um sucesso pelo número de mulheres e organizações presentes, além é claro, da presença de políticos e empresários que reconhecem o nosso valor”, ressalta.
A vereadora Salete Cardoso, que é a única mulher no legislativo biguaçuense e única mulher cogitada para participar das próximas eleições em uma chapa majoritária participou do evento e se colocou a disposição do movimento.
Segundo a parlamentar, as mulheres precisam caminhar unidas e ocupar os espaços, e isso se faz participando de chapas majoritárias, assumindo responsabilidades. “Não basta garantir cotas, isso já é obrigação, os partidos políticos devem apoiar e incentivar essas candidaturas, a população escancaradamente quer ver mulheres assumindo estes postos, sábio será àquele partido que entender esse sussurro da população”, afirmou.
A vereadora falou ainda sobre a mulher na política e atentou aos partidos políticos quanto ao apoio as candidaturas de mulheres. Para Salete o único caminho para uma verdadeira emancipação feminina na política é mostrando serviço, é estando no executivo. “Só com participação no governo, no executivo, é que vamos mostrar que temos capacidade. Ângela Amin é exemplo, Ideli Salvati é exemplo, e a própria Dilma Russef”, pondera.
Salete também enalteceu as militantes de Biguaçu, Terezinha Costa, Ivânia Marçal, Célia Goedert, Rita Cardoso, Adelaide Vieira, Marli, Regina Evaldth, entre outras, que já foram candidatas e mesmo não tendo vencido as eleições continuam aguerridas e comprometidas com a população biguaçuense.

Minha versão do fato acima:

Começa pela ação das mulheres uma nova fase da política em Biguaçu, verdadeiramente participativa e voltada ao desenvolvimento do município !